Viagem programada mesmo com a pandemia do coronavírus, o que fazer?

Neste ano de 2020 aconteceram mudanças inesperadas, no qual mudou os planos de milhares de pessoas, que tinham intenção de ir para outros lugares e infelizmente com a pandemia tiveram que ficar no confinamento de suas casas.

Se estava com viagem marcada teve uma grande frustração ao ser informado sore o cancelamento, e ter que tomar algumas medidas para resolver essa situação que muitos brasileiros tiveram que passar.

Como resolver?

As viagens de avião tiveram que ser remarcadas para outras datas, mais se estava programando viagem de carro saiba que poderá ser feito mais com algumas medidas restritivas, então seu dinheiro pode ser aplicado em lazer.

Quanto a hotéis as reservas tiveram que ser canceladas ou agendadas para outra data mais adiante, de acordo com a lei para conter a pandemia do coronavírus, podem ser agendadas sem alteração do custo.

Um meio de resolver essa situação pode ser entrando em contato com a empresa contratada, elas podem fazer este serviço ao cliente para que tudo possa ser remarcado, se não resolver pode entrar em contato diretamente com a hospedagem, elas podem reagendar ou mesmo reembolsar o cliente com a restituição do valor pago.

Uma dica é que guarde todos os comprovantes no caso de algo der errado tomar as medidas cabíveis com os órgãos responsáveis pelo direito do consumidor.

Existe muitas outras situações onde as pessoas podem sair de trailers, levar uma cabana onde podem ficar alguns dias fora, mesmo alugar casa de temporada, existem diversas outras opções para sair de casa.

Como fica os pacotes de viagem?

Muitas pessoas procuram a facilidade dos pacotes de viagens, contratando empresas especializadas que ficam encarregadas de todos os procedimentos, até mesmo o hotel onde vai ficar, no caso de cancelamento as companhia aérea podem reagendar diretamente a menos que a empresa que você contratou se recuse a aceitar.

Então pode resolver entrando em contato pelo telefone, que pode dar oura data conforme sua disponibilidade, se for uma viagem distante, deverá obedecer as normas daquele país de aceitar vôos do Brasil.

Muita gente esta tendo esse problema é preciso persistir no contato, caso não consiga resolver de modo amigável, ainda pode recorrer a órgãos de proteção do consumidor como o Procon para tomar as medidas cabíveis.

Agora estamos num momento que estamos num processo de reabertura, porem ainda o coronavírus ainda sta por aí, ainda pode ter o risco de uma nova pandemia, até que uma vacina esteja totalmente pronta para imunizar a população brasileira.

Alguns vôos já etão disponíveis para alguns países, bem como hotéis estão sendo autorizados a voltar a sua rotina, porem com capacidade reduzida.

Por isso muitas pessoas querem esperar para que tudo se resolva e possa viajar com total segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *